Acessos

terça-feira, 27 de maio de 2008

São Paulo - Minha Cidade - Colônia Paulista

São Paulo Turismo - Minha Cidade

BAIRRO DE COLÔNIA

A posse do território começou com a chegada de 94 famílias alemãs, com remanescentes habitando ainda hoje a região. Este foi o primeiro bairro do município de São Paulo a receber e instalar, no ano de 1829, famílias de origem alemã, trazidas pelo Império para colonizar esta região.

O bairro traz diversos pontos importantes e relevantes da cultura alemã que ainda são desconhecidos pela população. Dentre eles destacam-se o Cemitério de Colônia Paulista, primeiro cemitério particular de São Paulo - que abriga tradicionais famílias alemãs da época.













Lá também está a Cratera de Colônia, resultado de um meteorito que caiu e formou uma cratera de 3,6 quilômetros de diâmetro e bordas de até 350 metros de altura. É uma raridade geológica. A Cratera foi ocupada de forma irregular, abriga o loteamento Vargem Grande e concentra a maior população da região.Sobrenomes como Reimberg, Christie, Gottzfritz, Roschel, Hessel, Klein, Schunck, Hemmel, Helfstein, Cloos, Rocumbach, Schimdt, Glasser, Mengler, Guilger, entre outros tantos ainda estão presentes nesta comunidade.

Já foram comemoradas duas edições da Colônia Fest, por ocasião do aniversário do bairro, que tem hoje completará 179 anos. Dentre as atividades, merecem destaque as danças e comidas típicas produzidas pelos moradores da região e apresentações folclóricas e exposições.
Dia do bairro: 29 de junho

http://www.saopaulominhacidade.com.br/bairros_colonia_paulista.asp
Fonte: Subprefeitura - SPTuris- W.Eventos e Viagens.

3 comentários:

Ricardo di Lazzaro Filho disse...

Gostei muito do Blog!

Minha avó chama-se Irma Helfstein. E sei que a avó dela era Reimberg. Gostaria muito de saber mais sobre a história das famílias, como por exemplo de que cidade alemã vieram.

muito obrigado e parabéns

Ricardo di Lazzaro Filho disse...

Gostei muito do Blog!

Minha avó chama-se Irma Helfstein. E sei que a avó dela era Reimberg. Gostaria muito de saber mais sobre a história das famílias, como por exemplo de que cidade alemã vieram.

muito obrigado e parabéns

Liricus disse...

Pena que perdi a festa!!! Soube que foi o primeiro local que recebeu alemães no país, primeiro que as colônias do sul. Moro no Grajaú, e acho importante resgatarmos a memória de nossa região,"o antigo sertão de santo amaro", área que reviveu a vida camponesa européia no século XIX.
parabéns!

Leandro Souza